Topo

Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em um guarda-volumes

02/06/2018 08h40

Tóquio, 2 Jun 2018 (AFP) - Uma japonesa que deu à luz em um café de Tóquio matou seu bebê e escondeu o corpo em um guarda-volumes, informou a polícia.

O corpo em decomposição do recém-nascido, que foi estrangulado, foi achado pela polícia em um guarda-volume em função do mau cheiro.

A mãe, Mao Togawa, de 25 anos, foi localizada graças às câmeras de segurança, que a filmaram várias vezes colocando moedas no guarda-volumes para que continuasse fechado.

A mulher explicou que matou o bebê, uma menina, porque chorava muito e colocou o corpo em uma mala para deixá-lo no guarda-volumes.