Topo

Líder da extrema direita alemã compara a Hitler a 'excremento de pássaro'

2018-06-02T12:29:00

02/06/2018 12h29

Berlim, 2 Jun 2018 (AFP) - O dirigente do partido alemão de extrema direita AfD, Alexander Gauland, declarou neste sábado que Adolf Hitler e os nazista foram um "excremento de pássaro" em uma história alemã cheia de êxitos, informou a emissora Deutsche Welle.

"Hitler e os nacional-socialistas (o partido NSDAP do Führer) apenas são um excremento de pássaro em mil anos de história alemã cheia de êxitos", afirmou o político, que também copreside o grupo parlamentar Alternativa para a Alemanha (AfD).

"Sim, reconhecemos nossa responsabilidade pelos 12 anos de ditadura nazista", acrescentou, citado pela agência DPA. "Temos uma história gloriosa e essa, meus queridos amigos, durou mais tempo que esses 12 malditos anos", disse ainda durante uma reunião da juventude do AfD.

A secretária-geral do partido partido conservador CDU, Annegret Kramp-Karrenbauer, ligada à chanceler Angela Merkel, reagiu rapidamente no Twitter: "50 milhões de vítimas, o Holocausto, a guerra total, são apenas um 'excremento de pássaro' para o AfD e Gauland. Isso é o que esse partido é debaixo de sua máscara civil".

Alexander Gauland, de 77 anos, ex-membro do CDU, já provocou polêmica em ocasiões anteriores, como quando elogiou os soldados do exército alemão, a Wehrmacht, durante a Segunda Guerra Mundial.

Um de seus assessores, Björn Höcke, também chamou o monumento às vítimas do Holocausto, no coração de Berlim, de "memorial da vergonha".

Mais Internacional