Novo dia de violência na Nicarágua deixa mais seis mortos neste sábado

  • AFP

    Homem usa morteiro caseiro em protesto em Masaya, na Nicarágua

    Homem usa morteiro caseiro em protesto em Masaya, na Nicarágua

Manifestantes nicaraguenses enfrentaram na noite deste sábado (2) um novo dia de protestos, saques e violências que deixaram mais seis mortos, incluindo um cidadão americano.

A cidade de Masaya, antigo reduto sandinista que se rebelou contra o presidente Daniel Ortega, se transformou em um campo de batalha, onde centenas de manifestantes levantaram barricadas e enfrentaram com armas caseiras os policiais e outros grupos de choque do governo, segundo a equipe de reportagem da AFP. Inclusive morteiros de fabricação caseira teriam sido utilizados pelas forças antidistúrbios.

Cinco pessoas morreram em Masaya, incluindo um adolescente de 15 anos, segundo a ONG Associação Nicaragüense de Proteção aos Direitos Humanos (ANPDH).

"O derramento de sangue em Masaya ocasionou um dia de luto e dor para os cidadãos que queriam exercer seu direito de protestar", afirmou o presidente da ANPDH, Álvaro Leiva.

Entre os mortos, está o americano Sixto Henry Vieda, de 48 anos, que foi assassinado em Manágua, informou.

Os manifestantes e vizinhos da região denunciaram a presença de vários franco-atiradores na sede da polícia de Masaya, no centro da cidade. "Estão atacando o povo. Inclusive meteram uma bala no peito de um vizinho meu. Foi um franco-atirador", denunciou Jonathan José.

Com 100 mil habitantes, Masaya exige a renúncia do presidente Ortega, dentro dos protestos antigovernamentais que iniciaram em 18 de abril para denunciar uma reforma do sistema de previdência, deixando mais de cem mortos.

Além dos morteiros artesanais, disparos e gás lacrimogêneo, Masaya também foi cenário de incêndios e saques.

A polícia, por sua vez, acusou grupo de delinquentes como responsáveis pelos "atos terroristas" e informou que onze pessoas foram presas, segundo a imprensa local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos