EUA estão comprometidos com 'desnuclearização completa' e 'rápida' da Coreia do Norte

Seul, 14 Jun 2018 (AFP) - Os Estados Unidos estão comprometidos com uma "desnuclearização completa, verificável e irreversível" na Coreia do Norte, afirmou nesta quinta-feira o secretário americano de Estado, Mike Pompeo, após se reunir com os chanceleres de Coreia do Sul e Japão.

Segundo o secretário de Estado, as sanções contra a Coreia do Norte só serão suspensas após uma "desnuclearização completa".

Na quarta-feira, ao revelar que Washington espera que a maior parte do desarmamento nuclear tenha terminado até o final da presidência Trump, em 2020, Pompeu destacou que "desnuclearização completa significa verificável para todos os que estão envolvidos".

Em um encontro histórico em Singapura, na terça-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, concordaram em trabalhar para eliminar as armas nucleares da península coreana.

Pompeo, que está em Seul para analisar a cúpula entre Trump e Kim com os chanceleres sul-coreano e japonês, disse ainda que o líder norte-coreano "entende" que o processo de "desnuclearização" deve ser "rápido".

"Pensamos que Kim Jong Un entende a urgência" da situação e que "devemos fazer isto rapidamente", declarou o secretário de Estado a jornalistas.

Na mesma coletiva, a chanceler sul-coreana, Kang Kyung-wha, afirmou que a "aliança entre Coreia do Sul e Estados Unidos está mais forte do que nunca", após Trump anunciar o fim dos exercícios militares conjuntos.

fff-qan/ceb/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos