Pela 1ª vez, Argentina condena homem à prisão perpétua por crime de ódio contra transexual

  • Reprodução/Facebook Justicia por Amancay Diana Sacayán

    Amnacay Diana Sacayán, de 40 anos, foi encontrada morta em 11 de outubro de 2015

    Amnacay Diana Sacayán, de 40 anos, foi encontrada morta em 11 de outubro de 2015

Um tribunal argentino condenou nesta segunda-feira um homem (18) à prisão perpétua por ter assassinado com 13 facadas uma dirigente transexual em 2015, uma sentença destacada como a primeira que reconhece nos fatos a característica de "travesticídio".

O 4º Tribunal Penal Oral da capital argentina condenou à prisão perpétua Gabriel David Marino, de 25 anos, como coautor do "homicídio agravado por violência de gênero e ódio à identidade de gênero", segundo a sentença transmitida ao vivo pelo Centro de Informação Judicial (CIJ).

O acusado ouviu a sentença sem se alterar.

O ataque aconteceu entre sábado (10) e domingo (11) de outubro de 2015 e causou a morte de Amancay Diana Sacayán, de 40 anos, "cujo corpo sem vida foi encontrado (em seu apartamento) em 13 de outubro, com pés e mãos amarrados, amordaçado e apresentando sinais de ter sido vítima de uma ação cometida com alto grau de violência", segundo a sentença.

Para a Promotoria e a acusação, trata-se de uma "sentença histórica" já que o judiciário reconheceu que o assassinato de Sacayán "foi um crime de ódio e por preconceito a sua identidade de gênero transexual", disseram em comunicado.

Destacaram "que este Poder Judiciário se expressa pela primeira vez na história sobre a morte de transexuais e reconhece que isto foi um 'travesticídio'".

A ativista trans Lara Bernasconi sustentou que "essa condenação rompeu o dogma jurídico".

"A comunidade trans teve que quebrar o paradigma de que não é apenas um assassinato, mas que foi um 'travesticídio'", declarou Bernasconi às portas do tribunal onde dezenas de pessoas acompanharam por um telão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos