PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Erdogan estuda possibilidade de formar coalizão na Turquia

21/06/2018 09h53

Ancara, 21 Jun 2018 (AFP) - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que está considerando a possibilidade de formar uma coalizão no Parlamento se a aliança dominada por seu partido não atingir a maioria nas eleições de domingo.

"Se a 'Aliança do Povo' conquistar 300 assentos (dos 600), o problema foi resolvido. Se terminar abaixo de 300, poderíamos procurar formar uma coalizão", disse o chefe de Estado turco, em uma entrevista na quarta-feira à noite.

"Vamos ver no domingo", acrescentou, sem especificar com que formação política pretendia formar essa coalizão.

O Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP, islamo-conservador) do presidente Erdogan se apresenta nestas eleições com seu aliado o Partido da Ação Nacionalista (MHP, ultranacionalista).

À frente deles, a oposição formou a "Aliança da Nação", que reúne o Partido Republicano do Povo (CHP, social-democrata), o jovem Bom Partido (direita nacionalista) e Saadet (conservador).

Três formações vão disputar sozinhas: o Partido Democrático dos Povos (HDP, pró-curdo e abertamente anti-Erdogan), e dois partidos que têm poucas chances de superar os 10% dos votos necessários para entrar no Parlamento, Huda-Par (curdo islâmico) e o Partido Patriótico (VP, esquerda).

raz-lsb/ezz/lch/es/mb/mr

Internacional