PUBLICIDADE
Topo

Internacional

A existência da UE está ameaçada, alerta ministro italiano Salvini

22/06/2018 11h43

Berlim, 22 Jun 2018 (AFP) - O ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, considera que a existência da União Europeia está em jogo, segundo uma entrevista concedida à revista alemã Der Spiegel que chegará às bancas neste sábado.

"No próximo ano se decidirá se a Europa unificada continuará ou não existindo", afirmou Matteo Salvini, que também dirige o partido Liga (extrema direita).

As negociações orçamentárias europeias e as eleições europeias em 2019 determinarão "se isso faz algum sentido", segundo trechos da entrevista divulgados antecipadamente nesta sexta.

A Itália, que desde a recente chegada de uma coalizão governamental populista e de extrema direita disputa com seus sócios europeus sobre a questão da acolhida de migrantes, "já não pode se encarregar mais do de um único migrante extra", reiterou.

"Ao contrário, queremos repassar alguns", declarou, a propósito dos migrantes que correm todos os perigos para tentar chegar à Europa pelo litoral italiano.

A Itália deseja uma melhor divisão dos solicitantes de asilo em toda a UE, pois suporta grande parte da atenção dada aos imigrantes. Mas enfrenta a rejeição de muitos países europeus, especialmente os do leste do continente.

Internacional