PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Regime sírio avança no sul do país ao dividir os territórios rebeldes

26/06/2018 06h30

Beirute, 26 Jun 2018 (AFP) - O regime sírio avança no sul do país após conquistar duas localidades rebeldes, perfurando assim os territórios controlados pelos insurgentes na província de Deraa.

Desde a semana passada, as forças de Bashar al-Assad intensificam os bombardeios no leste da Deraa, o que aumenta a especulação sobre o início de uma grande operação militar no sul do país, uma região sensível por sua proximidade com a Jordânia e com as Colinas de Golã, anexadas parcialmente por Israel.

Na madrugada desta terça-feira, as forças sírias conquistaram as localidades de Basr al Harir e Mlihat al Atash, dividindo em dois os territórios rebeldes do leste de Deraa, anunciou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"É o avanço mais importante do regime em uma semana", afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, antes de destacar que "nordeste de Deraa já está totalmente cercado".

O regime já utilizou em ofensivas anteriores contra redutos rebeldes a estratégia de dividir e isolar os territórios para enfraquecer os insurgentes.

Ao menos 15 combatentes rebeldes morreram na segunda-feira nos confrontos por Basr al Harir, segundo a ONG. O balanço é de 29 mortos desde terça-feira passada.

Vinte e quatro integrantes das forças pró-regime também morreram, assim como 32 civis, de acordo com o OSDH.

Nesta terça-feira, a Rússia, aliada do regime de Assad, prosseguia com os bombardeios no leste de Deraa, informou Abdel Rahman.

Internacional