PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Países da OPAQ aprovam reforço da organização

27/06/2018 11h41

Haia, 27 Jun 2018 (AFP) - Os Estados membros da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) adotaram nesta quarta-feira um plano para fortalecer os poderes da organização, anunciaram várias delegações no Twitter.

De acordo com a diplomacia britânica, que propôs o projeto, 82 países votaram para que a OPAQ possa identificar os autores de ataques com armas químicas na Síria, contra 24 que se opuseram.

A Rússia e a Síria, ambas acusadas de usar substâncias tóxicas recentemente, votaram contra, assim como o Irã.

"Uma esmagadora maioria para restabelecer o tabu" da arma química, comemorou no Twitter o embaixador do Reino Unido na Holanda, Peter Wilson.

Os representantes australiano e norueguês confirmaram que a resolução britânica havia sido adotada.

Internacional