PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Pompeo começa segundo dia em Pyongyang para tratar desnuclearização

06/07/2018 23h51

Pyongyang, 7 Jul 2018 (AFP) - O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, encara neste sábado (7), em Pyongyang, um segundo dia de diálogos com o braço direito do líder norte-coreano, enquanto os dois países tentam implantar um plano de desnuclearização.

Pompeo está instalado em uma sofisticada mansão para hóspedes de Pyongyang, onde pôde falar com Kim Yong Chol, conselheiro do dirigente norte-coreano, Kin Jong Un.

O objetivo do encontro é estabelecer um plano detalhado com vistas à "desnuclearização completa" da península coreana, como acordaram na reunião histórica celebrada em Singapura em 12 de junho pelo presidente americano, Donald Trump, e Kim Jong Un.

Desconhece-se se Pompeo será recebido no sábado pelo líder norte-coreano.

Na sexta-feira, Kim Yong Chol saudou Pompeo em sua chegada a Pyongyang e abriu o diálogo, destacando que se tratava da terceira visita à Coreia do Norte do alto funcionário americano.

"Quanto mais nos reunirmos, mais profunda será nossa amizade", declarou. "Quantas mais vezes vier, mais confiança poderemos construir entre nós".

Na noite de sexta-feira, Mike Pompeo, acompanhado de altos funcionários do Departamento de Estado e da CIA, conversou durante quase três horas com seus anfitriões norte-coreanos, antes de passar a primeira noite em Pyongyang.

Kim Yong Chol e Mike Pompeo deverão continuar com as reuniões no sábado, antes de o secretário de Estado viajar a Tóquio para informar os aliados japoneses e sul-coreanos de Washington sobre os avanços nas negociações.

Washington espera que o processo de desnuclearização se ative este ano. Mas muitos especialistas e críticos do presidente Trump consideram que a promessa do dirigente norte-coreano durante a cúpula não é crível e que o processo, após iniciado, poderia levar anos.

Internacional