PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA define lista US$ 200 bi de produtos chineses a serem tarifados

10/07/2018 21h23

Washington, 11 Jul 2018 (AFP) - Os Estados Unidos listaram, nesta terça-feira (10), 200 bilhões em produtos de exportação chineses que podem ser tarifados a partir de setembro, escalando a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

O gabinete do representante comercial americano vai realizar audiências sobre os produtos-alvo, e um funcionário do governo disse que levaria cerca de dois meses para finalizar a lista, quando Trump decidirá se vai ou não prosseguir com as tarifas.

Na semana passada, Estados Unidos havia adotado tarifas de 25% sobre aproximadamente 34 bilhões de dólares em importações de produtos chineses, iniciativa que motivou uma represália imediata e equivalente por parte de Pequim.

Nesta terça-feira, o representante de Comércio, Robert Lighthizer, afirmou que o anúncio da preparação da nova lista de sanções é uma resposta à represália chinesa.

Segundo Lighthizer, as medidas de represálias chinesas foram adotadas "sem base legal ou justificativa".

Em consequência dessa represália, Trump "ordenou que se inicie o processo de impor tarifas de 10% a um adicional de 200 bilhões de importações chinesas", apontou Lighthizer em uma nota oficial.

De acordo com Lighthizer, a determinação de Trump é "uma resposta apropriada" para conter as "políticas industriais danosas" da China.

Internacional