PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA reconhece redução de migrantes ilegais de El Salvador

24/07/2018 21h05

San Salvador, 25 Jul 2018 (AFP) - Um alto funcionário da diplomacia dos Estados Unidos reconheceu nesta terça-feira (24) que El Salvador é o único país do norte da América Central que conseguiu "diminuir" a migração irregular de seus cidadãos para o território americano.

"El Salvador é o único país no Triângulo Norte da América Central que viu uma redução na migração ilegal este ano", assegurou em uma entrevista coletiva o subsecretário de Estado para Assuntos Consulares, Carl Risch.

Risch não informou quantos salvadorenhos entraram nos Estados Unidos de forma irregular neste anos, e informou somente que a redução é de "quase 50% a menos".

Também não mencionou dados de migrantes sem documentos vindos da Guatemala e de Honduras, os outros dois países do Triângulo Norte centro-americano.

Estimativas do governo salvadorenho e de defensores dos direitos dos migrantes indicam que entre 200 e 300 pessoas emigram diariamente por via terrestre para os Estados Unidos.

Para Risch, essa redução de migrantes salvadorenhos "é uma boa notícia", mas considerou que "ainda há trabalho a ser feito" em El Salvador para que essa quantidade diminua ainda mais.

Segundo dados oficiais, entre janeiro e 23 de julho foram deportados dos Estados Unidos 8.296 salvadorenhos, cifra menor que os 9.766 expulsos no mesmo período de 2017.

Vivem nos EUA 2,5 milhões de salvadorenhos.

Internacional