PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Rial iraniano desvaloriza 18% em dois dias

31/07/2018 06h22

Teerã, 31 Jul 2018 (AFP) - A moeda nacional iraniana, o rial, registrou nova queda nesta terça-feira em relação ao dólar e acumula 18% de desvalorização em dois dias, às vésperas da aplicação, a partir de 6 de agosto, das sanções americanas contra Teerã.

Desde o início do ano o rial perdeu quase dois terços de seu valor.

Nesta terça-feira, um dólar era negociado por 119.000 riais no mercado não oficial, uma queda de 18% na comparação com domingo, quando valia 100.000.

No dia 1 de janeiro de 2018, um dólar era negociado por 42.900 riais.

Em um momento de crise monetário aguda, o presidente iraniano Hassan Rohani, um moderado, substituiu na semana passada o presidente do Banco Central, Valiollah Seif, por Abdolnaser Hemati.

O banco afirmou na segunda-feira que a volatilidade da moeda nacional é uma consequência da "conspiração dos inimigos" e prometeu novas medidas nos próximos dias para contra-atacar a queda.

O governo iraniano tentou conter a desvalorização em abril, ao estabelecer um câmbio fixo de 42.000 riais por dólar e ameaçar as pessoas que atuam no mercado negro. Mas os bancos se negaram a vender seus dólares a esta taxa artificialmente baixa e as autoridades foram obrigadas a permitir uma flexibilidade maior.

A desvalorização da moeda iraniana está ligada à retirada unilateral dos Estados Unidos do acordo internacional de 2015 sobre o programa nuclear de Teerã. O presidente Donald Trump decidiu restabelecer as sanções contra o Irã em duas etapas, em 6 de agosto e 4 de novembro.

Internacional