PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Voos suspensos no único aeroporto em serviço da capital líbia

31/08/2018 18h40

Trípoli, Líbano, 31 Ago 2018 (AFP) - O único aeroporto em serviço de Trípoli anunciou nesta sexta-feira (31) à noite a suspensão de todos os voos devido aos combates perto da capital líbia, que deixaram ao menos 39 mortos desde segunda-feira, segundo uma fonte aeroportuária.

Ao menos 39 pessoas morreram e 100 ficaram feridas, na maioria civis, em cinco dias de confrontos entre milícias rivais nos bairros do sul de Trípoli, segundo um novo balanço do Ministério da Saúde publicado nesta sexta à noite.

Os combates pararam durante o dia de quinta-feira devido a um acordo de cessar-fogo, antes de voltarem à noite.

Os confrontos com armas pesadas continuaram nesta sexta-feira de maneira intermitente.

Segundo testemunhas e os serviços de resgate líbios, vários foguetes e obuses caíram nos arredores e na capital líbia, deixando, sobretudo, vítimas civis.

Pelo menos três projéteis caíram perto do aeroporto de Mitiga, obrigando os serviços aeroportuários a suspender os voos durante, ao menos, 48 horas por medidas de segurança, explicou um responsável.

Os voos foram desviados provisoriamente para o aeroporto de Misrata, 200 quilômetros a leste de Trípoli, assinalou a mesma fonte.

Mitiga, antigo aeroporto militar, está situado na parte leste da capital. Foi aberto ao tráfego civil após a destruição do aeroporto internacional de Trípoli, situado ao sul dessa cidade, durante os episódios de violência em 2014.

Na quinta-feira à noite, a missão da ONU na Líbia (Manul) condenou firmemente as perdas de vidas humanas em Trípoli e pediu a todas as partes que tomem todas as precauções possíveis para evitar perdas civis e acabar com as hostilidades.

"Os ataques indiscriminados estão proibidos pelo direito humanitário internacional e podem constituir crimes de guerra", acrescentou a Manul em sua conta no Twitter.

Internacional