Israel anuncia fim da ajuda humanitária para sírios do Golã

Jerusalém, 13 Set 2018 (AFP) - O Exército israelense anunciou nesta quinta-feira (13) o encerramento oficial da operação "Bons vizinhos" que dava ajuda humanitária e médica a milhares de sírios na parte das Colinas de Golã ocupada por Israel.

"A ajuda humanitária chegou ao fim com o retorno do regime sírio (do presidente Bashar al-Assad) à parte sul da Síria", em guerra, indicou um comunicado do Exército.

No total, nos últimos cinco anos, 4.900 civis sírios, entre eles 1.300 crianças, receberam tratamento em hospitais israelenses, enquanto 7.000 pacientes receberam cuidados em um hospital de campanha instalado perto da linha de demarcação do Golã.

Desde que a guerra na Síria começou, em 2011, Israel sempre se negou a receber refugiados sírios.

Em 1967, Israel conquistou a maior parte da planície do Golã sírio, que anexou em 1981. A anexação nunca foi reconhecida pela comunidade internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos