PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Suposto braço direito de Fernandinho Beira Mar é preso no Paraguai

20/09/2018 16h03

Asunción, 20 Set 2018 (AFP) - A Polícia paraguaia prendeu nesta quinta-feira em Assunção o suposto traficante de drogas Néstor Báez Alvarenga, um suspeito", com três pedidos de extradição da justiça brasileira.

"Conseguiu-se a chegar à sua prisão graças ao trabalho e ao sigilo da equipe policial", disse o delegado Bartolomé Báez.

O detido, de 57 anos, é considerado o líder no Paraguai do Comando Vermelho, liderado por Fernandinho Beira Mar.

Ele estava foragido há sete anos e um juiz paraguaio ordenou sua detenção na quinta-feira, 13 de setembro a pedido do governo brasileiro.

Alvarenga será extraditado por tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, segundo o informe policial.

Os investigadores o apontam como "braço direito" de Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira Mar, condenado a 30 anos de prisão em seu país.

Báez Alvarenga foi detido dentro de uma luxuosa residência onde morava com sua família, de onde tentou fugir durante a operação de busca.

"Eu nunca estive no Brasil. Nunca me encontraram com um grama de droga", expressou Báez Alvarenga em uma breve declaração a jornalistas.

Internacional