PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Supostos dissidentes das Farc matam três geólogos de mineradora canadense

20/09/2018 15h56

Bogotá, 20 Set 2018 (AFP) - Supostos dissidentes da ex-guerrilha Farc assassinaram nesta quinta-feira (20) três geólogos da mineradora canadense Continental Gold no nordeste da Colômbia, informou o Exército.

Os supostos dissidentes atacaram uma comissão da empresa que fazia trabalhos de exploração de campos mineiros, deixando outras três pessoas feridas e um desaparecido, disse a autoridade em um boletim com informação preliminar.

Uma fonte da mineradora disse à AFP que os assassinados são de nacionalidade colombiana.

O ataque aconteceu na madrugada desta quinta-feira na zona rural do município de Yarumal, no departamento de Antioquia, acrescentou o Exército.

O Comando da Sétima Divisão do Exército Nacional atribuiu o ataque a dissidências da dissolvida guerrilha das Farc, que no ano passado se desarmou e se transformou em partido político após assinar um histórico acordo de paz com o governo anterior de Juan Manuel Santos.

O Exército assegurou que realiza uma operação no local para encontrar os responsáveis e o trabalhador cujo paradeiro é desconhecido.

A Continental Gold, que tem dois projetos em desenvolvimento de metais preciosos na Colômbia, ambos em Antioquia, rechaçou o ataque contra seus geólogos e funcionários terceirizados.

Em um boletim, a companhia com sede em Ontário assegurou que desconhece os detalhes do ataque, mas afirmou que "teme o pior".

A companhia havia denunciado no dia 6 de setembro um ataque armado a esse projeto no qual morreu um trabalhador, enquanto outro ficou ferido.

A secretária de governo de Antioquia, Victoria Eugenia Ramírez, disse à W Radio que a companhia já havia recebido ameaças, embora não tenha detalhado a origem.

Internacional