PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Regime sírio leva centenas de jihadistas para Idlib

24/09/2018 23h04

Beirute, 25 Set 2018 (AFP) - As forças do regime sírio levaram centenas de jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) para Idlib, o último grande bastião rebelde da Síria, no noroeste do país, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os jihadistas foram transportados durante a noite de uma região da província de Deir Ezzor, situada na zona de fronteira com o Iraque, revelou a ONG.

As tropas de Damasco levaram mais de 400 combatentes do EI desta região desértica próxima à localidade de Al Bukamal para esta província de Idlib, onde já estão outros grupos jihadistas, acrescentou o OSDH.

Um acordo firmado na semana passada entre Rússia - aliada de Damasco - e Turquía, que apoia os grupos rebeldes na região, afastou a ameaça de uma ofensiva das tropas do regime sírio sobre Idlib.

A maior parte desta região, situada na fronteira com a Turquia, é controlada pelos jihadistas do Hayat Tahrir al Sham (HTS), organização formada pelo antigo braço sírio da Al-Qaeda.

Em maio, 1.600 pessoas - jihadistas e seus familiares - foram levados de ônibus de Yarmuk, seu último bastião ao sul de Damasco, para o deserto no leste do país.

As forças do regime haviam retomado o controle deste feudo jihadista após um mês de combates sangrentos.

Internacional