PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Pompeo volta à Coreia do Norte em outubro

26/09/2018 22h09

Nações Unidas, Estados Unidos, 27 Set 2018 (AFP) - O departamento americano de Estado anunciou nesta quarta-feira que o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, regressará em outubro a Pyongyang, para promover as conversações pela 'desnuclearização' da península coreana.

Em Nova York, onde se encontrou à margem da Assembleia Geral da ONU com seu homólogo norte-coreano, Ri Yong Ho, o secretário Pompeo aceitou um convite do líder Kim Jong Un para regressar a Pyongyang e avançar nos esforços de "verificação plena e definitiva de desnuclearização" da Coreia do Norte", informou o departamento de Estado.

Em sua quarta viagem à Coreia do Norte, Pompeo também terá a missão de organizar a segunda cúpula entre os líderes dos dois países, após a histórica reunião em Singapura entre Kim e o presidente americano, Donald Trump.

Nesta quarta-feira, Trump disse que os Estados Unidos teriam sido arrastados para uma guerra com a Coreia do Norte caso ele não fosse eleito e tivesse apresentado perspectivas de um acordo de paz com Kim.

"Temos um relacionamento muito bom. Ele (Kim) gosta de mim, eu gosto dele", disse Trump em entrevista coletiva.

"Eu realmente acredito que ele quer concluir (um acordo). Ele quer fazer um acordo, eu quero fazer um acordo".

Trump se negou a se comprometer com um cronograma sobre quando a Coreia do Norte irá se desnuclearizar. "Eu não quero entrar nesse jogo de tempo. Sabe o por quê? Eu disse a Mike Pompeo. Eu disse 'Mike, não entre nesse jogo de tempo'. Nós o paramos. Eles estão derrubando usinas, estão derrubando várias áreas diferentes de testes".

"Eles vão derrubar mais algumas. Você vai ouvir sobre isso muito em breve. Eu não quero me colocar à frente de mim mesmo. Mas você vai ouvir sobre isso em breve".

Internacional