PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Deputados suíços propõem que navio Aquarius tenha bandeira suíça

27/09/2018 11h39

Genebra, 27 Set 2018 (AFP) - Três parlamentares suíços pediram esta semana que seu país - que não é membro da União Europeia - conceda a bandeira helvética ao navio humanitário Aquarius, após a decisão do Panamá de retirar a sua matrícula.

Estes deputados, Ada Marra (Partido Socialista), Kurt Fluri (Liberal-radical) e Guillaume Barazzone (Democrata-cristão) apresentaram um pedido neste sentido no Parlamento suíço.

"A Suíça tem uma longa tradição humanitária. Nosso país abriga várias organizações internacionais e não-governamentais cujo objetivo é melhorar a situação dos migrantes e refugiados", indicam em sua petição, na qual pedem que "Aquarius beneficie, por razões humanitárias, do pavilhão suíço".

O Ministério das Relações Exteriores da Suíça, contatado pela AFP, disse que responderá na "próxima sessão parlamentar", programada de 26 de novembro a 14 de dezembro.

Nesta quinta-feira, a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) lançou um apelo aos governos do mundo para que Aquarius obtenha uma bandeira após a decisão do Panamá de retirar a sua.

O Aquarius, fretado pelas ONGs MSF e SOS Mediterrâneo, é o último barco humanitário no Mediterrâneo central que resgata migrantes que tentam a travessia para a Europa.

Internacional