PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Erdogan acusa Alemanha de proteger jornalista 'terrorista'

O jornalista Can Dündar, que vive exilado na Alemanha desde 2016, foi chamado de "terrorista" pelo presidente turco  - Vedat Arik/Cumhuriyet/AP
O jornalista Can Dündar, que vive exilado na Alemanha desde 2016, foi chamado de 'terrorista' pelo presidente turco Imagem: Vedat Arik/Cumhuriyet/AP

Da AFP, em Berlim

28/09/2018 19h43

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou nesta sexta-feira (28) a Alemanha de proteger um jornalista condenado por um "ato de terrorismo" na Turquia.

"Quando há jornalistas envolvidos em atos terroristas e um tribunal turco os condena, como eles podem ser defendidos?", reagiu o presidente turco, desviando seu discurso durante um jantar oferecido em sua homenagem em Berlim.

"Um deles foi condenado a 5 anos e 10 meses de prisão. Ele é, em teoria, um jornalista. Conseguiu fugir da Turquia para buscar asilo na Alemanha", insistiu, furioso, referindo-se ao jornalista Can  Dündar, que vive no exílio desde 2016 no país.

Leia também:


Erdogan reafirmou que quer a extradição do jornalista e crítico do poder turco, acusando-o de ser um "agente" que divulgou "segredos de Estado".

"Não sou agente, sou jornalista", declarou Can  Dündar, ex-redator-chefe do jornal de oposição Cumhuriyet, em entrevista coletiva nesta sexta-feira à noite. Disse que era perseguido pela Justiça turca apenas "por ter escrito um artigo de jornal" e por acusar o presidente turco de mentir.

Erdogan, em uma visita até sábado na Alemanha, reagiu às declarações do chefe de Estado Frank-Walter Steinmeier, que expressou durante o mesmo jantar suas preocupações sobre o destino dos jornalistas, sindicalistas, cientistas, intelectuais, presos na Turquia desde o fracassado golpe de Estado de 2016.

A chanceler Angela Merkel assinalou nesta sexta que "muitas coisas" uniam os dois países, mas destacou as "diferenças profundas", especialmente sobre a liberdade de imprensa e respeito pelos direitos humanos na Turquia.

O presidente turco irá no sábado para Colonia para inaugurar uma mesquita.

Internacional