PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump acusa Poder Judicial de colocar em risco a segurança dos EUA

22/11/2018 14h57

Washington, 22 Nov 2018 (AFP) - O presidente Donald Trump retomou nesta quinta-feira seus ataques ao Poder Judicial, acusando os juízes de colocar em risco a segurança do país, em meio a uma amarga disputa sobre os solicitantes de asilo.

Trump lançou a última rodada de tuítes sobre a questão um dia depois de se chocar publicamente com o presidente da Suprema Corte sobre a independência dos tribunais.

"Os juízes não devem legislar sobre segurança ... e segurança na fronteira, ou em qualquer outro lugar", escreveu Trump no Twitter.

"Não sabem de nada a respeito e estão colocando em riscoi a segurança... e segurança na fronteira, ou em qualquer outro lugar", escreveu Trump no Twitter.

"Eles devem permitir que nossos profissionais da lei façam seu trabalho. Senão, só haverá confusão, caos, ferimentos e morte", acrescentou.

Trump, que no passado atacou juízes depois de decisões desfavoráveis, expressou sua raiva no começo da semana, depois que um tribunal de apelações federais bloqueou temporariamente um decreto presidencial sobre asilo.

A medida propõe que apenas pessoas que entram nos Estados Unidos através de passagens de fronteira oficiais podem solicitar asilo. Ele também rejeitou automaticamente aqueles que foram pegos tentando atravessar a fronteira.

Em uma atitude extraordinária, o presidente da Suprema Corte, John Roberts, reagiu depois que Trump chamou o juiz federal que emitiu a decisão de "juiz do Obama".

"Nós não temos juízes do Obama, Trump, Bush ou Clinton", Roberts respondeu em comunicado à Associated Press. "Temos um extraordinário grupo de juízes dedicados que fazem tudo o que podem para julgar com justiça aqueles que aparecem diante deles", declarou o presidente da Suprema Corte.

Internacional