PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Protesto de sábado em Paris terminou com mais de 100 detidos

Um manifestante vestindo colete amarelo, símbolo do protesto, em manifestação contra os preços dos combustíveis - REUTERS/Benoit Tessier
Um manifestante vestindo colete amarelo, símbolo do protesto, em manifestação contra os preços dos combustíveis Imagem: REUTERS/Benoit Tessier

Em Paris

25/11/2018 08h14

A mobilização do movimento conhecido como "coletes amarelos" que espalhou o caos no sábado (24) na avenida Champs-Elysées de Paris terminou com mais de cem detenções, anunciou a polícia neste domingo (25).

Os distúrbios, que prosseguiram até a noite de sábado, deixaram 24 feridos, incluindo cinco agentes das forças de segurança.

A famosa avenida parisiense, onde os manifestantes não foram autorizados a protestar, foi o principal cenário dos incidentes de sábado.

A Champs-Elysées foi bloqueada pelos manifestantes, que jogaram objetos, criaram barricadas e incendiaram estruturas urbana, enquanto a polícia tentava dispersar os protestos com gás lacrimogêneo e jatos de água.

Na manhã de domingo, máquinas eram utilizadas para retirar as últimas barricadas da emblemática avenida da capital francesa parisina. As equipes de limpeza também estavam no local.

O novo protesto dos "coletes amarelos", reuniu 106.000 pessoas em toda a França, 8.000 delas em Paris, segundo o ministério do Interior.

O movimento denuncia o aumento dos preços dos combustíveis e a perda de poder aquisitivo na França.

Manifestante atira objeto contra policiais em protesto em Paris - Lucas BARIOULET/AFP - Lucas BARIOULET/AFP
Manifestante atira objeto contra policiais em protesto em Paris
Imagem: Lucas BARIOULET/AFP

Internacional