PUBLICIDADE
Topo

Internacional

A diplomacia de cão entre Coreia do Sul e Coreia do Norte

26/11/2018 15h12

Seul, 26 Nov 2018 (AFP) - O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e sua esposa posaram para as fotos junto com os filhotes nascidos de uma cadela da de presente pelo dirigente norte-coreano, Kim Jong Un, como símbolo da aproximação intercoreana.

As imagens, publicadas nesta segunda-feira (26), mostram o casal presidencial sorrindo, sentado no chão em frente a sua casa em Seul, e rodeado por seis cachorros acompanhados de sua mãe, Gomi.

Durante sua reunião em setembro em Pyongyang, Kim presentou Moon com dois cachorros da raça Pungsan, emblemáticas da Coreia do Norte. Os filhotes, de um ano, foram entregues na semana seguinte ao Sul na localidade fronteiriça de Panmunjom, na zona desmilitarizada.

Os cães da raça Pungsan - animais de caça de pelagem espessa branca e olhos castanhos - são conhecidos por sua inteligência e lealdade. São considerados tesouros nacionais na Coreia do Norte.

O gabinete de Moon publicou as fotos no Twitter nesta segunda.

Os cachorros, três machos e três fêmeas, nascidos em 9 de novembro, estão "muito bem de saúde", indicou o gabinete.

Sabe-se que Moon gosta de animais e tem, além dos cachorros dados por Kim, outro Pungsan chamado Maru, um cão chamado Tory e um gato, Jjing-Jjing.

Internacional