PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Derrotar tráfico de drogas levará tempo, admite Peru

27/11/2018 20h49

Lima, 27 Nov 2018 (AFP) - O Peru, um dos maiores produtores mundiais de cocaína, admitiu nesta terça-feira (27) que levará tempo para derrotar os traficantes de drogas que operam no maior vale cocaleiro peruano, onde se elabora 75% dessa droga no país.

"Em um prazo razoável, não podemos derrotar o narcotráfico", reconheceu Rubén Vargas, chefe da agência antidrogas do Peru, durante uma entrevista coletiva para correspondentes da imprensa estrangeira, em que foi apresentada a nova estratégia para o Vale dos rios Apurímac, Ene e Mantaro (Vraem), no sudeste do país.

Entretanto, o chefe da Comissão Nacional para o Desenvolvimento e a Vida sem Drogas informou que "se combateu a expansão do terrorismo" graças à ação das forças de segurança contra remanescentes do grupo maoísta Sendero Luminoso no Vraem.

"Os terroristas não são mais de 250", em um vale que abarca 69 municípios e se estende por 35.000 quilômetros quadrados, expressou.

Colômbia, Bolívia e Peru são os maiores produtores de folha de coca e de cocaína, segundo a ONU.

Internacional