PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump intensifica ataques contra procurador especial por 'Russiagate'

27/11/2018 14h23

Washington, 27 Nov 2018 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, intensificou nesta terça (27) seus ataques contra o procurador especial que dirige a investigação sobre um possível conluio entre a Rússia e sua equipe de campanha nas eleições de 2016, depois das revelações de segunda-feira sobre seu ex-diretor de estratégia Paul Manafort.

Os constantes ataques lançados por Trump contra a investigação do procurador especial Robert Mueller se tornaram mais virulentos este mês, depois que o presidente americano destituiu o procurador-geral e nomeou um substituto que criticou duramente esta indagação.

"Os veículos de 'Fake News' descrevem Bob Mueller como um santo, quando, na realidade, é todo o contrário", disse Trump em uma série de tuítes.

"Ele está causando um TREMENDO dano ao nosso Sistema de Justiça Criminal, olhando apenas um lado das coisas, e não o outro. Disso vão emergir heróis e não vão ser Mueller e seu horrendo bando de democratas enraivecidos", acrescentou o presidente americano.

Trump negou diversas vezes ter manobrado para pôr fim à investigação de Mueller, que até agora indiciou mais de 30 pessoas, cidadãos russos em sua maioria.

Na segunda-feira, os procuradores do caso disseram em um documento que Paul Manafort, ex-chefe de campanha de Trump, mentiu para os investigadores após assinar um acordo de cooperação.

Internacional