PUBLICIDADE
Topo

Internacional

ONU espera negociações de paz pelo Iêmen 'este ano'

29/11/2018 20h00

Buenos Aires, 29 Nov 2018 (AFP) - O secretário-geral da ONU, António Guterres, expressou nesta quinta-feira (29) a sua esperança de que as negociações de paz entre o governo e os rebeldes no Iêmen comecem antes do final do ano, o que derruba a expectativa de diálogos na semana que vem.

"Não quero alimentar muitas expectativas, mas estamos trabalhando duro para garantir que este ano possamos começar conversas significativas", disse Guterres em entrevista coletiva em Buenos Aires, onde participa da cúpula do G20.

"Como sabem, houve alguns retrocessos", assinalou o secretário-geral, se referindo, em parte, à inquietação da Arábia Saudita pela persistência de ataques de parte dos rebeldes huthis.

Na véspera, Guterres havia declarado de Nova York que era possível que as conversas para acabar com a guerra no Iêmen começassem no início de dezembro na Suécia e o considerou um "objetivo extremamente importante".

Guterres se declarou disposto a se reunir em Buenos Aires com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, para discutir os esforços diplomáticos que buscam acabar com a guerra no Iêmen.

O enviado especial da ONU, Martin Griffiths, tenta convencer o governo do presidente iemenita, Abd Rabbo Mansur Hadi, apoiado pela Arábia Saudita, e os rebeldes, respaldados pelo Irã, a fazer negociações de paz na Suécia.

A Arábia Saudita, que comanda a coalizão que combate os huthis, está atualmente sob pressão internacional para acabar com o conflito após o brutal assassinato do jornalista Jamal Khasshoggi no consulado saudita em Istambul.

Internacional