Topo

EUA manterão apoio à Arábia Saudita em conflito no Iêmen

01/12/2018 15h45

Buenos Aires, 1 dez 2018 (AFP) - O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, prometeu que os Estados Unidos irão manter seu apoio à campanha militar saudita no Iêmen, apesar da crescente onda de críticas da comunidade internacional à Arábia Saudita.

Em declarações durante a reunião de cúpula do G20, em Buenos Aires, Pompeo reconheceu que a crise humanitária no Iêmen atingiu "proporções épicas", mas afirmou que tanto Washington quanto Riad estão oferecendo ajuda.

"Iremos prosseguir com o programa atual", disse Pompeo à CNN, ao responder sobre a ajuda militar dos Estados Unidos à coalizão liderada pela Arábia Saudita.

O Senado americano apoiou esta semana uma resolução para discutir a ajuda militar a Riad na guerra no Iêmen, contra a posição de Pompeo e do secretário de Defesa americano, Jim Mattis. Uma votação definitiva está prevista para a semana que vem, o que poderia gerar uma batalha se o presidente Donald Trump decidir vetar a decisão parlamentar.

Pompeo, que se reuniu na Argentina com o príncipe herdeiro saudita, Mohamed bin Salman, considera que uma retirada agravaria o conflito no Iêmen, onde também deseja contraatacar o Irã, aliado dos rebeldes huthis.

A guerra no Iêmen já causou cerca de 10 mil mortes e deixou milhões de pessoas à beira da fome.