PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente Abbas diz querer dissolver Parlamento palestino

22/12/2018 20h35

Ramallah, Territórios palestinos, 22 dez 2018 (AFP) - O presidente palestino, Mahmud Abbas, afirmou neste sábado (22), que deseja dissolver o Parlamento palestino, controlado por seus rivais, os islamitas do Hamas, mas inativo há anos, para apoiar uma decisão da Corte Constitucional.

O presidente não informou quando a corte, sediada em Ramallah, na Cisjordânia ocupada, tomou a decisão, que implica na realização de eleições nos seis meses posteriores à dissolução do Conselho Legislativo Palestino.

"O tema foi examinado pela Corte Constitucional, que emitiu um julgamento de dissolução do Conselho Legislativo e convocou eleições legislativas em seis meses. É o que temos que aplicar de imediato", afirmou o presidente palestino em uma reunião da direção palestina em Ramallah.

A dissolução do Parlamento poderia facilitar ao presidente Abbas exercer pressões suplementares sobre o Hamas, no poder na Faixa de Gaza.

Embora o Parlamento não tenha se reunido desde 2007, quando o Hamas assumiu o controle da Faixa de Gaza, a lei palestina permite ao presidente desta assembleia se tornar presidente interino em caso de morte de Mahmud Abbas, que tem 83 anos.

O mandato de Abbas como presidente expirou em 2009, mas ele segue em funções devido à falta de eleições.

Internacional