PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cuba tem recorde de mais de 567.000 visitas de emigrados em 2018

28/12/2018 21h04

Havana, 28 dez 2018 (AFP) - Um "número recorde" de mais de 567.000 visitas de cubanos residentes em outros países foi registrado na ilha durante o ano de 2018, informou nesta sexta-feira (28) o chanceler Bruno Rodríguez.

"Cifras recorde. Mais de 567 mil visitas [de] cubanos residentes fora de Cuba em 2018 e delas, mais de 493 mil a partir dos EUA", escreveu Rodríguez no Twitter.

Havana contabiliza visitas e não pessoas, pois muitos emigrados repetem as viagens várias vezes ao ano.

Mais de dois milhões de cubanos vivem em 120 países, a maioria nos Estados Unidos, para onde tem havido uma emigração maciça desde a Revolução Cubana, em 1959. A ilha tem atualmente uma população de 11,2 milhões de habitantes.

Estas cifras representam "um aumento aproximado de 20%, que evidenciam a continuidade da política de fortalecimento dos vínculos de Cuba com seus cidadãos no exterior", acrescentou o chanceler.

Segundo uma tabela que publica, as visitas de emigrados totalizaram 480.324 em 2017, delas 407.633 procedentes dos Estados Unidos.

A tendência crescente destas visitas disparou depois do restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, em julho de 2015.

Mas pode ser afetada pela crise gerada a partir dos supostos "ataques" acústicos em Havana contra diplomatas americanos, pelos quais Washington acusa Cuba, cujo governo desmente.

cb/ka/yow/mvv

Internacional