PUBLICIDADE
Topo

Internacional

FACT-CHECK: Facebook e Instagram não retiraram verificação de Maduro

24/01/2019 19h57

Paris, 24 Jan 2019 (AFP) - Meios de comunicação e internautas afirmaram que o Facebook e o Instagram tinham retirado a verificação das contas do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e verificado a de Juan Guaidó, chefe do Parlamento venezuelano que na quarta-feira se declarou presidente interino deste país.

É falso: a conta de Maduro nunca foi verificada, e a de Guaidó já era verificada.

- O que estamos checando? -O Facebook e o Instagram, por seus próprios meios, reconheceram oficialmente Guaidó como o novo presidente da Venezuela e sinalizaram que as redes de mídia social não reconheceriam mais o poder de Maduro?

Isso foi o que várias postagens compartilhadas no Twitter, especialmente em espanhol, implicaram, pouco depois de que Guaidó se autoproclamou presidente interino. Estas mensagens mencionaram que o Facebook e o Instagram tinham retirado a verificação, representada por um pequeno ícone azul, da conta de Maduro e, ao mesmo tempo, tinham verificado a de Guaidó.

Muitos usuários acreditaram que esta informação era verdadeira, e ela repercutiu em importantes meios de comunicação em língua espanhola, francesa e russa, mas também em inglês e português.

- O que sabemos? -Graças ao Wayback Machine, um site que arquiva as versões das páginas na Internet de acordo a sua data, pode-se constatar que em 6 de outubro de 2017 a conta do Instagram do chefe de Estado da Venezuela não estava verificada (1).

A constatação é a mesma no Facebook: Maduro não tinha sido verificado, como se pode ver em uma cópia de segurança de 22 de janeiro de 2019, o dia anterior a sua suposta "desverificação" (2).

Também pode-se ver tuítes de 2016 e 2017 que mostravam capturas de tela da época (3), como buscas no Google Images (4) (5), de que Nicolás Maduro nunca teve esta verificação.

Contatado pela AFP, um porta-voz do Instagram confirmou que "Nicolás Maduro não estava verificado no Instagram ou Facebook e não retiramos a verificação de sua conta. Juan Guaidó foi verificado no Instagram em novembro de 2018 e recentemente foi verificado no Facebook".

- O que podemos concluir? -Facebook e Instagram não tomaram nenhuma medida relacionada aos acontecimentos na Venezuela: não "desverificaram", na quarta ou na quinta-feira, Nicolás Maduro, que nunca tinha estado verificado, nem verificaram Guaidó, que já estava verificado.

gd-rba-tsz-bur/age/pb/db

Facebook

GOOGLE

Twitter

Internacional