PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Papa pede compromisso contra "qualquer forma de corrupção" na política

24/01/2019 14h27

Panamá, 24 Jan 2019 (AFP) - O papa Francisco pediu nesta quinta-feira (24) um compromisso maior contra "qualquer forma de corrupção" na política, uma das práticas que mais prejudica a América Latina e que envolve multinacionais e autoridades.

"É um convite a (...) levar uma vida que demonstre que o serviço público é sinônimo de honestidade e justiça, e antônimo de qualquer forma de corrupção", sustentou o pontífice em um discurso a diplomatas no Panamá.

Suas palavras evocaram um dos principais problemas em uma região abalada pelo megaescândalo da rede de propinas que a multinacional brasileira Odebrecht montou para obter contratos públicos milionários.

A empresa reconheceu a oferta de subornos no valor de 778 milhões de dólares entre 2011 e 2015 em Angola, Argentina, Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Guatemala, México, Moçambique, Panamá, Peru e Venezuela.

O país que recebe o Papa também foi o epicentro em 2016 do chamado caso "Panama Papers", após a revelação de documentos que mostravam uma gigantesca rede de evasão fiscal e corrupção em todo o mundo através de empresas laranja criadas por um escritório de advocacia panamenho.

Francisco insistiu que os jovens exigem "um compromisso em que todos - começando por aqueles que se dizem cristãos - tenham a audácia de construir uma política autenticamente humana".

kv-vel/lp/mr/cn

Internacional