Topo

Dezenas de pilotos militares detidos na Turquia

2019-01-30T09:07:00

30/01/2019 09h07

Ancara, 30 Jan 2019 (AFP) - As autoridades turcas prenderam nesta quarta-feira 48 pilotos militares suspeitos de ligação com o pregador Fethullah Gulen, acusado pelo governo de coordenar a tentativa de golpe de Estado de 2016.

De acordo com a Promotoria de Ancara, 48 pilotos de helicóptero do exército, incluindo três coronéis e quatro tenentes-coronéis, foram detidos e colocados sob custódia na sede da polícia antiterrorista da capital turca.

Além disso, o procurador-geral de Ancara decretou ordens de prisão contra 15 civis suspeitos de ligação com os pilotos em nome do movimento de Gulen, que mora nos Estados Unidos.

Dezenas de milhares de pessoas foram detidas por suposta ligação com o golpe frustrado e mais de 140.000 foram demitidas ou afastadas de seus empregos.

raz-gkg/ezz/jhd/al/zm/fp

Mais Internacional