PUBLICIDADE
Topo

Incêndio deixa mais de 60 mortos na capital de Bangladesh

21/02/2019 00h32

Dacca, 21 Fev 2019 (AFP) - Pelo menos 69 pessoas morreram nesta quarta-feira (20) no incêndio em um prédio de apartamentos na capital de Bangladesh, que também serve como um armazém produtos químicos, segundo os bombeiros.

O chefe do serviço de bombeiros de Bangladesh, Ali Ahmed, disse que o número de mortos deve subir. Segundo Ahmed , o incêndio em Chawkbazar, na parte antiga de Daca, pode ter se originado em um botijão de gás antes de se espalhar rapidamente pelo prédio onde produtos químicos altamente inflamáveis eram armazenados.

As chamas percorreram quatro edifícios contíguos, que também eram usados como armazéns de produtos químicos.

"Houve um tumulto quando o incêndio começou, as pessoas não conseguiram escapar", disse ele, descrevendo uma parte da cidade onde as ruas são muito estreitas.

Outro oficial de bombeiros disse a repórteres que o incêndio, que começou por volta das 22h45 (horário de Brasília) na quarta-feira, foi "contido", mas não encerrado, apesar dos esforços de mais de 200 bombeiros.

"Levará tempo. Este não é como outro incêndio qualquer", disse ele, acrescentando que a proporção foi devastadora por causa dos produtos químicos" altamente combustíveis armazenados no local.

Um inspetor de polícia disse no Hospital do Colégio Médico em Dhaka que pelo menos 45 pessoas ficaram feridas, incluindo quatro em estado grave.

Centenas de pessoas correram para o hospital para procurar seus parentes desaparecidos.

Um fato similar em 2010 em um antigo prédio na capital de Bangladesh, que também foi usado como depósito de produtos químicos, matou mais de 120 pessoas em um dos piores incêndios em Daca.