PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA advertem que militares venezuelanos serão responsabilizados por violências

21.fev.2019 - Membros da Assembleia Nacional Venezuelana e apoiadores de Juan Guaidó enfrentam forças de segurança nos arredores de Mariara, na Venezuela - ANDRES MARTINEZ CASARES/Reuters
21.fev.2019 - Membros da Assembleia Nacional Venezuelana e apoiadores de Juan Guaidó enfrentam forças de segurança nos arredores de Mariara, na Venezuela Imagem: ANDRES MARTINEZ CASARES/Reuters

22/02/2019 19h13

O Conselheiro Nacional de Segurança da Casa Branca, John Bolton, alertou na sexta-feira as forças armadas venezuelanas de que elas serão "responsabilizadas" por atos violentos contra civis no contexto da entrega de ajuda humanitária.

"Aqueles que obedecerem às ordens de violência de Maduro serão responsabilizados", afirmou Bolton no Twitter, lembrando que a Colômbia reiterou na quinta-feira o apelo do Grupo Lima às Forças Armadas da Venezuela para que os os canais humanitários não sejam bloqueados.

A prometida ajuda de alimentos e assistência médica para os venezuelanos, armazenada na Colômbia, Brasil e Curaçau, está no centro da queda de braço entre o chefe de Estado líder venezuelano e o líder opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino pelos Estados Unidos e cinquenta países.

Internacional