PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Novo comboio evacua homens, mulheres e crianças de reduto do EI na Síria

22/02/2019 08h39

Près de Baghouz, Syrie, 22 Fev 2019 (AFP) - Trinta caminhões transportando homens, mulheres e crianças deixaram, nesta sexta-feira, o último reduto do grupo Estado Islâmico (EI) no leste da Síria, sob a supervisão dos combatentes das Forças Democráticas Sírias (FDS), constataram jornalistas da AFP.

Em uma posição das FDS perto do vilarejo de Baghuz, uma equipe da AFP viu passar cerca de 30 caminhões, escoltados por combatentes antijihadistas na saída do vilarejo, onde o EI está entrincheirado em uma pequena área de meio quilômetro quadrado.

Os caminhões transportavam mulheres em niqab preto, crianças com roupas sujas, algumas devorando um pedaço de pão, e homens com os rostos cobertos.

Apoiados pela coalizão internacional liderada por Washington, os combatentes curdos e árabes das FDS esperam o fim das evacuações de civis para retomar sua ofensiva contra os jihadistas radicais entrincheirados.

Na quarta-feira, quase 3.000 pessoas deixaram a localidade em uma dúzia de caminhões-reboques, segundo as FDS.

"Estimamos que ainda há milhares de pessoas" em Baghuz, ressaltou um porta-voz das FDS, Mustefa Bali, nesta sexta-feira.

"Estamos aguardando o fim das evacuações de civis para lançar o ataque final", disse ele, que espera que essas saídas terminem "hoje ou amanhã".

Depois de uma ascensão meteórica em 2014 e a conquista de vastos territórios na Síria e no Iraque, o EI perdeu quase tudo o que conquistou.

rh-emd/tgg/feb/mr

Internacional