PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Colômbia conta 285 feridos em repressão de Maduro e recua em operação

23/02/2019 20h41

Cúcuta, Colômbia, 23 Fev 2019 (AFP) - O governo colombiano informou neste sábado (23) que 285 pessoas ficaram feridas na repressão ordenada pelo "regime" de Nicolás Maduro para impedir a entrada de ajuda à Venezuela e determinou a volta de caminhões com ajuda humanitária.

"Esta ação pacífica e de caráter humanitário foi interrompida a partir da Venezuela sob o regime usurpador de Maduro com uma repressão violenta e desproporcional", disse o chanceler Carlos Holmes Trujillo em declaração à imprensa.

Segundo ele, há "285 feridos - 255 venezuelanos e 30 colombianos - "por efeitos de [bombas] de gás lacrimogêneo e uso de armas não convencionais".

Diante disto, "dispôs-se o retorno dos caminhões para proteger a ajuda com excepção dos caminhões que tinham medicamentos que foram queimados em território venezuelano", afirmou Holmes Trujillo.

bur-vel/yow/mvv

Internacional