PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Estudantes se manifestam na Argélia contra 5º mandato de Buteflika

26/02/2019 09h52

Argel, 26 Fev 2019 (AFP) - Centenas de estudantes protestaram nesta terça-feira em um campus em Argel, capital da Argélia, contra a candidatura do presidente Abdelaziz Buteflika, de 81 anos, a um quinto mandato presidencial nas eleições de 18 de abril.

A decisão de Buteflika, no poder desde 1999, de se candidatar novamente, anunciada em 10 de fevereiro, desencadeou uma onda de protestos sem precedentes em todo o país durante anos.

O grupo de cerca de 500 estudantes reuniu-se na faculdade central do campus com cartazes que diziam "Não a um quinto mandato", "Buteflika out" ou "Argélia livre e democrática".

Os agentes de segurança da universidade bloquearam as grades com correntes para impedir que os estudantes saíssem, disseram os jornalistas da AFP no local.

A polícia implantou um dispositivo impressionante no centro da capital, onde havia numerosos veículos das forças de segurança. As manifestações foram convocadas nas redes sociais.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro argelino disse que os argelinos decidirão nas urnas se o presidente Buteflika continua sendo o presidente ou não, a primeira reação oficial após as manifestações nos últimos dias.

Ele também alertou contra o risco de "excessos perigosos".

O presidente Buteflika, 81 anos de idade e enfraquecido desde 2013, após um derrame, foi reeleito todas as vezes desde 1999.

ayv/iw/pc/zm/cn

Internacional