PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Porta-voz de Putin defende estágio da filha no Parlamento Europeu

26/02/2019 12h20

Moscou, 26 Fev 2019 (AFP) - O porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov, defendeu nesta terça-feira as práticas que sua filha Elizaveta realiza no Parlamento Europeu como uma atividade "normal", que nada tem a ver com suas atividades no Kremlin.

"Ela é uma estudante normal e é um estágio interno totalmente normal, não tem nada a ver com minhas responsabilidades e meu trabalho", disse Peskov a repórteres.

Elizaveta Peskova, de 21 anos, que estuda Direito na França, trabalha como estagiária remunerada do eurodeputado francês Aymeric Chauprade, que participa dos subcomitês de segurança e defesa do Parlamento Europeu.

Chauprade disse à AFP que Peskova não tem acesso a documentos confidenciais, nem pode participar de reuniões ou debates a portas fechadas no Parlamento Europeu.

Uma porta-voz do Parlamento Europeu, Marjory van den Broeke, explicou à AFP que todos os funcionários que fazem estágio temporário na organização, como Peskova, não têm acesso a documentos reservados.

Segundo Chauprade, Peskova se juntou à sua equipe em novembro de 2019 e terminará seu período de estágio em abril deste ano, quando termina o mandato da legislatura. Nesse período, ela tem recebido um salário de 1.000 euros por mês.

Chauprade foi eleito para o Parlamento Europeu pela extrema-direita Frente Nacional em 2014.

Depois, ele rompeu com o partido e atualmente é considerado um independente.

Peskova é uma usuária assídua da rede social Instagram, onde publica fotos de si na companhia de celebridades e tem mais de 78.000 seguidores.

ml-pop/gmo/pg/ahg/age/cc

Internacional