PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Estados Unidos e Coreia do Norte, 70 anos de tensões

27/02/2019 11h45

Seul, 27 Fev 2019 (AFP) - Estados Unidos e Coreia do Norte, cujos líderes, Donald Trump e Kim Jong Un, participam em uma segunda reunião de cúpula em Hanói, registraram grandes tensões desde a Guerra da Coreia, com períodos curtos de aproximação.

- Divisão da Coreia -Em 1945, a ocupação japonesa da península coreana termina com a derrota do Japão ao final da Segunda Guerra Mundial. A Coreia é dividida pelo paralelo 38 entre o Norte, sob a liderança de Kim Il Sung apoiado pela União Soviética, e o Sul, com o respaldo dos Estados Unidos.

Em junho de 1950, o Norte invade - com o apoio da China e da URSS - o Sul. Estados Unidos lideram uma coalizão para defender Seul. Em julho de 1953 um armistício é assinado, que nunca se transformou em acordo de paz, e Washington impõe sanções à Coreia do Norte.

- "Navio espião" -Em janeiro de 1968, o "navio espião" americano "USS Pueblo" é capturado pela Coreia do Norte, alegando violação de suas águas territoriais, o que Washington nega. Os 83 tripulantes são liberados após 11 meses de detenção.

Em 1969, a Coreia do Norte derruba um avião de reconhecimento americano.

- Contatos -Em junho de 1994, o ex-presidente americano Jimmy Carter viaja à Coreia do Norte.

Em outubro do mesmo ano, três meses depois da morte de Kim Il Sung e da chegada de seu filho Kim Jong Il ao poder, Pyongyang e Washington assinam o acordo, no qual a Coreia do Norte se compromete a desmantelar seu programa nuclear em troca da construção de reatores civis.

Em 1999, um ano depois do primeiro teste de míssil de longo alcance, Kim Jong Il decreta uma moratória dos testes balísticos. Washington alivia as sanções.

Em outubro de 2000, a então secretária de Estado americana, Madelein Albright, se reúne com Kim Jong Il em Pyongyang.

- "Eixo do mal" -Em janeiro de 2002, o presidente americano George W. Bush inclui a Coreia do Norte no "eixo do mal", ao lado do Iraque e do Irã. Em outubro, Washington acusa Pyongyang de violar o acordo de 1994 com um programa secreto de urânio altamente enriquecido.

Em 2006, Pyongyang anuncia o primeiro teste nuclear.

- Lista negra -Em outubro de 2008, Washington retira a Coreia do Norte da lista de países que apoiam o terrorismo - na qual estava desde 1988 por seu suposto envolvimento na destruição em 1987 de um avião sul-coreano com um balanço de 115 mortos - em troca do acesso dos inspetores internacionais a "todas as instalações nucleares" do regime comunista.

- Americanos detidos -Muitos americanos foram detidos pela Coreia do Norte durante anos. Três deles foram libertados em maio de 2018.

Em junho de 2017, o estudante Otto Warmbier, condenado a 15 anos de trabalhos forçados pelo roubo de um cartaz de propaganda, é repatriado em estado de coma aos Estados Unidos, onde morre uma semana depois.

- Trump contra Kim -Em julho de 2017, Pyongyang anuncia dois testes de mísseis intercontinentais: "Todo o território americano está ao nosso alcance", declara Kim Jong Un, filho mais novo de Kim Jong Il, no poder desde a morte de seu pai em dezembro de 2011.

Em 8 de agosto, o presidente Donald Trump promete "fogo e fúria" contra a Coreia do Norte, três semanas antes de Pyongyang lançar um novo míssil que sobrevoa o Japão.

Em 3 de setembro, os norte-coreanos realizam o sexto teste nuclear e afirmam que usaram uma bomba H.

O presidente americano chama Kim de "pequeno homem foguete" e o líder norte-coreano responde chamando Trump de "velho senil".

- Após os insultos, a diplomacia -Em fevereiro de 2018, os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, no Sul, marcam uma aproximação entre as Coreias. Kim Jong Un e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, se reúnem em três ocasiões nos meses seguintes.

Em 12 de junho acontece uma reunião histórica entre Donald Trump e Kim Jong Un em Singapura, marcada pela assinatura de uma declaração a favor da "desnuclearização completa da península coreana".

Mas desde então não se registra nenhum avanço, pois as duas partes não chegam a um acordo sobre o significado exato do compromisso.

acm-kd/cyj/leo/yow/pc/eg-sgf/zm/fp

Internacional