PUBLICIDADE
Topo

Internacional

T-MEC não ratificado será uma 'catástrofe', diz representante dos EUA

27/02/2019 19h11

Washington, 27 Fev 2019 (AFP) - O representante de Comércio americano Robert Lighthizer pediu nesta quarta-feira (27) aos congressistas que aprovem o acordo de livre-comércio entre Estados Unidos, México e Canadá, afirmando que é crucial para as negociações com a China.

O acordo T-MEC entre os três países (USMCA na sigla em inglês) foi assinado em novembro pelos três países depois de uma maratona de negociações que se estendeu durante um ano, mas ainda tem que obter o aval do governo para entrar em vigor.

"Se o USMCA não conseguir passar, isso eu já disse, será uma catástrofe para o país", advertiu em uma audiência da Comissão de Meios e Arbítrios da Câmara de Representantes.

Lighthizer disse que a credibilidade com os outros países estava em jogo, em um momento em que os Estados Unidos está em um ponto de inflexão nas negociações com a China.

Em meio ao embate entre a Casa Branca e o Congresso, a aprovação do acordo não está garantida, o que preocupa os representantes da indústria.

Por sua vez, Canadá e México também devem ratificar em seus parlamentos o acordo que substitui o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) que estava em vigor desde 1994.

Dt/vog/sdu/an/gm/cc

Internacional