PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Bolsonaro visitará Israel às vésperas das eleições gerais no país

Benjamin Netanyahu e Jair Bolsonaro se cumprimentam no Rio de Janeiro antes da posse do presidente brasileiro - Fernando Frazao/Agência Brasil
Benjamin Netanyahu e Jair Bolsonaro se cumprimentam no Rio de Janeiro antes da posse do presidente brasileiro Imagem: Fernando Frazao/Agência Brasil

28/02/2019 18h16

O presidente Jair Bolsonaro visitará Israel entre 31 de março e 4 de abril, poucos dias antes das eleições gerais naquele país, informou à AFP o Ministério das Relações Exteriores israelense nesta quinta-feira (28).

Bolsonaro, chefe de Estado de extrema-direita que reivindica vínculos com Estados Unidos e Israel, declarou pouco antes de assumir o cargo que tinha a intenção de seguir os passos do presidente Donald Trump e transferir a embaixada brasileira para Jerusalém.

O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, também conservador, compareceu à posse de Bolsonaro em janeiro.

"Netanyahu espera que Bolsonaro transfira sua embaixada em Israel de Tel Aviv a Jerusalém", comentou o jornal israelense Haaretz nesta quinta.

"Em troca, Israel está disposto a oferecer informação e facilitar aquisições para apoiar o programa principal de Bolsonaro, a segurança doméstica" no Brasil, acrescentou o jornal.

Netanyahu tem, no entanto, dificuldades inesperadas em sua carreira para renovar mandato à frente do governo. Nesta quinta-feira, o procurador-geral israelense anunciou que se prepara para denunciá-lo por suborno, fraude e abuso de confiança.

Estas acusações podem trazer sérias dificuldades para a candidatura do premiê conservador para renovar seu mandato pela quinta vez.

Bolsonaro reiterou em janeiro que queria transferir a embaixada para Jerusalém. A parte oriental da cidade foi ocupada por Israel em 1967, e anexada posteriormente, algo que não foi reconhecido pela comunidade internacional.

Trump reconheceu unilateralmente Jerusalém como a capital israelense em dezembro de 2017 e transferiu a embaixada dos Estados Unidos no país em maio.

Bolsonaro tem previsto viajar aos Estados Unidos na segunda quinzena de março.

Internacional