PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Menem é absolvido e ex-juiz é condenado por encobrir atentado a centro judeu na Argentina

28/02/2019 16h53

Buenos Aires, 28 Fev 2019 (AFP) - Um tribunal argentino declarou inocente, nesta quinta-feira, o ex-presidente Carlos Menem da acusação de encobrir os autores do atentado contra o centro judeu AMIA em 1994, delito pelo qual condenou um ex-juiz, entre outros ex-funcionários e cúmplices.

Os juízes emitiram sentenças de entre dois e seis anos de prisão para o ex-magistrado do caso, Juan Galeano, e o ex-chefe de Inteligência do Estado Hugo Anzorreguy, entre outros, por desviarem a investigação sobre o ataque, que deixou 85 mortos e 300 feridos.

dm/ap/lda/db

Internacional