PUBLICIDADE
Topo

Ex-presidente dos EUA, Bush considera imigração uma 'benção'

18/03/2019 17h27

Chicago, 18 Mar 2019 (AFP) - O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush garantiu nesta segunda-feira que a imigração é uma "benção e uma força", num contexto em que congressistas enfrentam Donald Trump na questão do financiamento de muro fronteiriço com o México.

O político republicano, que se manteve de fora do foco desde que deixou a Presidência em 2009, não criticou explicitamente Trump nem sua política sobre o muro.

Durante uma cerimônia de nacionalização de 51 novos cidadãos americanos no Centro Presidencial George W. Bush, em Dallas, no estado do Texas, o 43º presidente dos Estados Unidos pediu uma reforma das leis migratórias, classificadas como "obsoletas e ineficazes".

Mas também enfatizou que as "fronteiras não são arbitrárias e precisam ser respeitadas".

"Em meio a todas as complicações da política, nunca podem esquecer a imigração é uma benção e uma força", disse Bush.

"Espero que as autoridades em Washington possam reduzir a retórica, deixar de lado a política e modernizar nossas leis de imigração em breve", acrescentou.

Os comentários de Bush foram feitos quando o Congresso e a Casa Branca se preparam para uma disputa judicial, após Trump declarar emergência nacional para financiar a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México.