PUBLICIDADE
Topo

Internacional

UE pede explicações ao Reino Unido sobre bloqueio do Brexit

19/03/2019 09h14

Bruxelas, 19 Mar 2019 (AFP) - Os países europeus expressaram nesta terça-feira (19) sua irritação com o bloqueio em relação ao Brexit e aumentaram a pressão sobre a primeira-ministra britânica, Theresa May, para que resolva a situação.

"O tempo está acabando. Estamos realmente esgotados com estas negociações. Isso não é um jogo, é uma situação muito séria", afirmou o ministro alemão para Assuntos Europeus, Michael Roth, ao chegar para a reunião com seus colegas em Bruxelas.

"A incerteza é insuportável", afirmou, por sua vez, sua colega francesa Nathalie Loiseau, que disse esperar pela "decisão dos britânicos sobre o que querem, sobre o que propõem para sair do ponto morto em que estão por sua própria decisão".

O ministro alemão assegurou que a prioridade de seu governo é "evitar um cenário de Brexit sem acordo", já que isso seria "a pior situação para os habitantes do Reino Unido e também para os outros 27 países europeus".

Os deputados britânicos rejeitaram o acordo de separação negociado por May com seus 27 sócios em duas ocasiões e, em uma inesperada decisão, o presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, disse que não se podia votar o "mesmo acordo".

Com isso, Bercow atrapalhou os planos da premiê britânica que pretendia realizar uma nova votação do acordo antes desta quarta, com a perspectiva de prorrogar a data da saída para 30 de junho, se os deputados finalmente aprovassem o pacto.

A incerteza paira agora sobre os próximos passos da chefe de Governo britânico, faltando apenas dez dias para o Brexit, em 29 de março.

tjc/zm/cn/tt

Internacional