PUBLICIDADE
Topo

Indonésia Garuda cancela pedido de 49 Boeing 737 MAX após acidentes

22/03/2019 01h49

Jacarta, 22 Mar 2019 (AFP) - A empresa aérea indonésia Garuda anunciou nesta sexta-feira o cancelamento do pedido de 49 Boeing 737 MAX 8, após os dois acidentes com este modelo em apenas cinco meses.

Este parece ser o primeiro cancelamento de um contrato firmado pelo construtor americano de aviões.

"Enviamos uma carta à Boeing solicitando a anulação do pedido", disse à AFP Ikhsan Rosan, porta-voz da companhia nacional indonésia, que aguarda a resposta do grupo americano.

"O motivo é que os passageiros da Garuda perderam a confiança e já não querem voar no Max".

Garuda já possui um 737 MAX 8, o primeiro de um pedido de 50 aviões, totalizando 4,9 bilhões de dólares.

A companhia também negocia com a Boeing a devolução do único exemplar que recebeu, pelo qual já pagou 26 milhões de dólares, e analisa a troca por outro modelo.

"A princípio não queremos substituir a Boeing, mas talvez façamos a opção por outro modelo" da companhia, disse ao jornal Detik o diretor da Garuda Indonésia, Gusti Ngurah Askhara Danadiputra.

A companhia indonésia Lion Air anunciou este mês o adiamento da recepção de quatro novos Boeing 737 MAX 8, após a queda do mesmo modelo da Ethiopian Airlines minutos após decolar de Adis Abeba em direção a Nairóbi, matando as 157 pessoas a bordo.

Em outubro, outro 737 MAX, da Lion Air, caiu na Indonésia com 189 pessoas a bordo e não houve sobreviventes.

GARUDA INDONESIA