PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Acusações contra ator americano que simulou ataque racista são retiradas

26/03/2019 13h59

Chicago, 26 Mar 2019 (AFP) - A Procuradoria americana retirou nesta terça-feira todas as acusações contra o ator Jussie Smollett, que foi acusado de mentir à polícia sobre um crime de ódio racista e homofóbico, informaram seus advogados.

"Hoje, todas as acusações criminais contra Jussie Smollett foram retiradas e sua ficha foi limpa", disseram Tina Glandian e Patricia Brown Holmes, em um comunicado conjunto.

O ator "foi uma vítima que foi difamada e que fizeram parecer o perpetrador como resultado de comentários falsos e inapropriados que geraram pressão inadequada ao julgamento", disseram os advogados.

O ator de 36 anos havia rejeitado sua culpa nas 16 acusações por supostamente planejar um ataque falso para ganhar publicidade e assim aumentar sua renda.

Smollett foi acusado de enviar a si mesmo uma carta com ameaças e de contratar dois conhecidos para encenar um ataque no centro de Chicago.

Os supostos agressores, que proferiram insultos racistas e homofóbicos, também lançaram o slogan do presidente Donald Trump, "Make America Great Again".

A notícia do ataque, em janeiro, causou grande comoção e gerou apoio ao ator, que é gay e negro.

Mas o ator foi posteriormente excluído dos dois últimos episódios da série "Empire", da Fox Network, em meio ao escândalo.

Os produtores do programa disseram que não comentariam os últimos acontecimentos.

nov/ft/ll/gv/mr

Internacional