Topo

França vota projeto de imposto sobre gigantes digitais

08/04/2019 20h46

Paris, 8 Abr 2019 (AFP) - Os deputados franceses votaram na noite desta segunda-feira em primeira leitura a instauração de um imposto sobre gigantes da internet, que poderia tornar a França uma das pioneiras nessa área, apesar de pedidos dos Estados Unidos para abandonar esse projeto.

Os deputados aprovaram por 55 votos a favor, quatro contra e cinco abstenções o artigo do projeto apresentado pelo ministro da Economia, Bruno Le Maire, que estabelece o "imposto GAFA" - um acrônimo para Google, Amazon, Facebook e Apple, bem como outros gigantes digitais.

O imposto sobre as GAFA é inspirado em um projeto de lei europeia que não avançou devido à relutância de quatro países (Irlanda, Suécia, Dinamarca e Finlândia).

Le Maire, que apresentou este projeto como um compromisso do presidente Emmanuel Macron que será "cumprido", defendeu-o como um texto que busca alcançar "justiça e eficiência fiscal".

Le Maire considerou "inaceitável" que os gigantes digitais tivessem "lucros consideráveis" na França, mas pagassem impostos no exterior. "Ninguém pode aceitar isso", declarou.

Washington pediu para a França renunciar a esse imposto, uma vez que o considera "extremamente discriminatório para multinacionais sediadas nos Estados Unidos".

chl/cam/pb/ll/cc

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Internacional