Topo

Trump diz que guerra comercial com a China é 'uma pequena disputa'

2019-05-14T16:11:00

14/05/2019 16h11

Washington, 14 Mai 2019 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou nesta terça-feira (14) como uma "pequena disputa" a crescente guerra comercial entre Washington e Pequim, e acusou a China de sabotar um acordo que estava perto de ser alcançado.

Embora tenha dito que tem uma relação "extraordinária" com o presidente chinês Xi Jinping, Trump insistiu que não assinará nenhum acordo que não seja bom.

Trump mais que duplicou nesta sexta-feira as tarifas de produtos chineses importados por bilhões de dólares, e a última rodada de diálogos bilaterais foi concluída foi fechada sem um acordo.

Em represália, a China anunciou nesta segunda-feira um forte aumento das tarifas sobre milhares de produtos agrícolas e industriais dos Estados Unidos.

Além disso, Washington iniciou um processo para terminar de tarifas todos os produtos chineses importados ao aplicar tarifas sobre US$ 300 bilhões em bens da China.

"Estamos considerando isso muito seriamente", disse Trump.

O mandatário acrescentou que a posição enérgica de seu governo está dando resultados, bem como que Pequim quer chegar a um acordo. Contudo, também acusou os líderes chineses de recuar nas negociações.

"Tínhamos um acordo que estava muito perto, mas eles romperam. Mais que renegociar, eles realmente romperam. Não podemos aceitar que isso aconteça", disse.

Mais Internacional