Topo

Chanceler do México se reúne com Pompeo em meio a crise migratória

2019-05-22T16:36:00

22/05/2019 16h36

México, 22 Mai 2019 (AFP) - O chanceler do México, Marcelo Ebrard, anunciou nesta quarta-feira que se reunirá na quinta-feira em Washington com o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, quando o governo mexicano quer que os Estados Unidos invistam em um plano de desenvolvimento na América Central que freie a migração.

"Vou ver Mike Pompeo amanhã", disse Ebrard à imprensa na Cidade do México. Ele explicou que eles vão tratar de vários temas, como um plano de desenvolvimento para a América Central e o sul mexicano promovido pelos governos de México, Honduras, El Salvador e Guatemala com o objetivo de frear a imigração para os Estados Unidos.

Ebrard defendeu o plano de investimento apresentado na segunda à Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), ao mencionar que se não investir na região, milhares de pessoas continuarão imigrando anualmente aos Estados Unidos.

"Temos a tese de que se não se investir na América Central e sobretudo na Guatemala, em Honduras e em El Salvador de forma significativa, o fluxo migratório não vai mudar", declarou.

Ebrard estima que o plano de investimento da Cepal para a América Central requereria cerca de 10 bilhões de dólares por ano durante uma década, para o qual pedirá financiamento à comunidade internacional, especialmente aos Estados Unidos e ao Canadá.

Desde o ano passado, migrantes da América Central - que buscam uma vida sem violência e com oportunidades econômicas - se organizam em enormes caravanas para chegar aos Estados Unidos, o que desagrada o presidente americano. Donald Trump chegou a fechar a fronteira com o México e declarar "emergência nacional" para conseguir fundos e construir seu polêmico muro na fronteira.

yug/yo/jhb/rsr/ll/cc

Twitter

Mais Internacional